Mecânico da Amoreira Construtora participa de treinamento na Buffalo Motores

15 Abr 2019


Aral Moreira (MS) – O mecânico da Amoreira Construtora, Edivaldo Casco Benites, o Curê, participou na semana passada, de segunda (8) a quinta-feira (11), de um treinamento técnico sobre motores a diesel e a gasolina e motogeradores, oferecido pela Buffalo Motores & Acoplados.

O treinamento, que aconteceu na sede da empresa, em São José dos Pinhais, Curitiba, foi específico para mecânicos e reuniu profissionais, além de Aral Moreira, de outras localidades do País, parceiras da empresa.

De acordo com o instrutor técnico da Buffalo Motores, Felipe Gusso, que ministrou o curso, o treinamento teve como objetivo qualificar os profissionais para melhor atender o mercado, tanto em reparos como revisão de produtos fabricados pela Buffalo Motores.

O colaborador da empresa Amoreira Construtora, Edivaldo Casco Benites, destacou a estrutura física da empresa Motores e exaltou o alto nível do treinamento.

“Foram quatro dias de pura imersão. Esse treinamento foi de sua importância para nós, uma vez que trará maior celeridade nos serviços internos prestados junto à empresa” disse “Antes, quando algum equipamento dava problema era encaminhado para a assistência técnica para serem realizados os reparos necessários. Agora não, deu pane em algum equipamento esses reparos já serão feitos ali mesmo, à campo, não sendo mais necessário ter que parar os serviços por dias até que o equipamento volte da assistência técnica” acrescentou Edivaldo.

O proprietário da Amoreira Construtora, Rogério Thomazoni, afirmou que além de um bom atendimento e qualidade nos serviços prestados aos clientes, a empresa tem priorizado a capacitação de seus profissionais. “Esses são alguns dos pilares principais da nossa empresa. Investir em capacitação e qualificação, além de aumentar a produtividade e melhorar os serviços prestados pela empresa, trazendo resultados mais consistentes, gera uma maior motivação aos profissionais, uma vez que ele se sentirá mais reconhecido e valorizado pela empresa” disse.